image

Viver e Morar no Rio de Janeiro RJ

Viver e Morar no Rio de Janeiro RJ

Compartilhar

Rio de Janeiro é uma cidade de Estado do Rio de Janeiro. Os habitantes se chamam cariocas.

O município se estende por 1.200,3 km² e contava com 6.748.000 habitantes no último censo de 2020. A densidade demográfica é de aproximadamente 5.600 habitantes por km² no território do município.

O relevo do estado é composto por planaltos e planícies, e o clima é predominantemente tropical. As belas paisagens naturais e a rica cultura fluminense fazem do estado um dos principais destinos turísticos no país.

O Rio de Janeiro, também conhecido por Rio, é rico em belezas naturais e em tradições culturais. No Rio se originou o samba e é onde acontece uma das maiores celebrações do Carnaval.

Viver no Rio de Janeiro é sonho de muita gente. A Cidade Maravilhosa é exuberante, com esplêndidas praias e repleta de passeios. O estilo de vida dos cariocas é único, curtindo as atrações culturais bem como a natureza, além de ser maior destino internacional e possuir o segundo maior PIB do País.

Um dos principais pontos turísticos do país, pois além das praias, entre elas: Copacabana, Leblon e Ipanema, há também o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor, que recebe milhares de turistas todos os anos. E também não podemos esquecer todo o patrimônio histórico deixado pela permanência da Corte portuguesa no Brasil, como a Biblioteca Nacional, o Teatro Municipal e diversos museus. Sua belíssima região costeira é chamada de Costa do Sol, e nela está a cidade de Búzios, famosa por ser queridinha da atriz francesa Brigitte Bardot.

Conhecida como cidade maravilhosa, o Rio recebeu em 2016, da Unesco - Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura - o certificado de Patrimônio Mundial por sua Paisagem Cultural. Estão incluídos na paisagem as montanhas do Corcovado, com estátua do Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, o Jardim Botânico, a Praia de Copacabana, o Aterro do Flamengo e a entrada da Baía de Guanabara.

Onde fica

Vizinho dos municípios de Niterói, Maricá e Duque de Caxias.

Situado a 20 metros de altitude, de Rio de Janeiro tem as seguintes coordenadas geográficas: Latitude: 22° 54' 13'' Sul, Longitude: 43° 12' 35'' Oeste.

Vídeo

Como chegar

Há dois aeroportos: o Santos Dumont, na região central, e o Internacional Antônio Carlos Jobim (ou Galeão), na Ilha do Governador, a 20 km do Centro. A partir do Galeão, a corrida de táxi até Copacabana custa, em média, R$ 65. Ônibus climatizados (conhecidos como “frescão”) ligam, a cada 30 minutos, o aeroporto ao Centro, à Zona Sul e à Barra da Tijuca por R$ 13,50. Os ônibus interestaduais chegam no Terminal Rodoviário Novo Rio, próximo à zona portuária e ao Centro. De carro, as principais vias de acesso são a BR-101 (para quem chega do Nordeste), a BR-040 (de Belo Horizonte) e a BR-116 (Via Dutra), para quem vem de São Paulo.

Fonte: Viagem e Turismo

História

A cidade é mencionada oficialmente pela primeira vez quando a segunda expedição exploratória portuguesa, comandada por Gaspar lemos, chegou em janeiro de 1502, à baía, que o navegador supôs, compreensivelmente, ser a foz de um rio, por conseguinte, dando o nome à região do Rio de Janeiro. Porém só em 1530 a corte portuguesa mandou uma expedição para colonizar a área, em vez de continuar usando-a simplesmente como uma parada em suas aventuras marítimas. Os franceses, por outro lado, tinham estado no Rio de Janeiro e arredores desde o começo do século e estavam dispostos a lutar pelo domínio da região. Em 1560, depois de uma série de escaramuças, os portugueses expulsaram os franceses.

O começo da cidade como tal foi no Morro de São Januário, mais tarde conhecido como Morro do Castelo, e depois na Praça Quinze até hoje centro vital do Rio.

O Rio de Janeiro desenvolveu-se graças à sua vocação natural como porto. Na mesma época em que ouro foi descoberto no Estado de Minas Gerais, no final do século XVII, o Governador do Brasil foi feito Vice-rei. Salvador era capital da colônia, mas a importância crescente do porto do Rio garantiu a transferência da sede do poder para o sul, para a cidade que se tornaria, e ainda é, o centro intelectual e cultural do país.

Em 1808 a família real portuguesa veio para o Rio de Janeiro, refúgio escolhido diante da ameaça de invasão napoleônica. Quando a família real voltou para Portugal e a independência do Brasil foi declarada em 1822, as minas de ouro já haviam sido exauridas e dado lugar a uma outra riqueza: o café.
O crescimento continuou durante quase todo o século XIX, inicialmente na direção norte, para São Cristóvão e Tijuca, e depois na direção da zona sul, passando pela Glória, pelo Flamengo e por Botafogo. Em 1889, a capital do Império assistiu à queda da monarquia. As mudanças políticas seguiram as diretrizes capitalistas. A transição da Monarquia para a República começa em 1889 e só acaba, efetivamente, em 1930. A cidade, com a Proclamação da República, torna-se a capital federal.

No começo do século XX surgiram as ruas largas e construções imponentes, a maioria no estilo francês fin-de-siècle. O Rio de Janeiro manteve sua posição até a inauguração de Brasília como capital da república em 1960. Capital do Estado do Rio de Janeiro, a cidade continua sendo o centro social e cultural do país.

Fonte: Prefeitura do Rio

Economia do Estado do Rio de Janeiro

O estado do Rio de Janeiro é o segundo maior em geração de riquezas do Brasil. Sua economia está alicerçada na produção de petróleo, sendo o principal produto de exportação do estado. No setor primário, a extração de petróleo é o principal destaque, sendo que também há uma importante área de agricultura na Região Serrana e de exploração de sal na Região dos Lagos.

Com relação ao setor secundário, o estado é muito industrializado e conta com várias indústrias de destaque nacional, em especial na região sul fluminense, em cidades como Volta Redonda e Resende. As principais indústrias do Rio de Janeiro são petrolífera, siderúrgica, metalúrgica, automobilística, química, farmacêutica e alimentícia.

O setor terciário tem como principal gerador de riquezas o ramo de serviços, sendo que o principal elemento é o turismo, uma vez que o estado é um destino internacional de renome e que recebe muitos turistas durante todo o ano.

Turismo

Há muito que ver na cidade. Os pontos que atraem mais turistas são o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar.

Uma imensa estátua do Cristo Redentor encontra-se no topo do morro do Corcovado, de onde se tem uma vista magnífica da cidade. Sobe-se até lá por um trem panorâmico. O Cristo Redentor fica no Parque Nacional da Tijuca, que abriga a floresta da Tijuca — a maior floresta urbana do mundo. Na Tijuca, há vários pontos de interesse, como rios, cachoeiras, lagos, mirantes, trilhas e animais que vivem livremente na mata.

Outro lugar muito visitado é o Pão de Açúcar. Para chegar ao topo do morro, toma-se um teleférico conhecido como bondinho. Do alto, é possível admirar a bela paisagem carioca de um ângulo diferente daquele do Corcovado.

Entre as praias, Copacabana, Ipanema, Leblon e Barra da Tijuca são as mais procuradas. Copacabana e Ipanema são famosas internacionalmente. A cidade também tem muitas atrações culturais, como museus, teatros, cinemas, espetáculos de música, além dos ensaios das escolas de samba. O Maracanã, principal estádio de futebol da cidade, é o maior do Brasil. Foi construído para a Copa do Mundo de 1950, realizada no Brasil.

Como ex-capital do Império e, depois, ex-capital da República, o Rio tem vários prédios históricos em que ocorreram fatos significativos para o país. Passear pelo centro da cidade é uma forma de reviver essa história.

Fonte: Escola Britannica

Vida noturna

A região dos Arcos da Lapa é a mais famosa pela boemia. Mas Voluntários, Baixo Gávea e Rosas também são pontos bastante agitados. Com o clima e a animação cariocas, a diversão é garantida após o pôr do sol.

A Cidade Maravilhosa não é só maravilhosa por causa de sua bela linha de costa e exuberante área verde, existe muito o que fazer, como bares, quiosques e casas noturnas que garantem a diversão de quem não dispensa uma noitada.

Quais são os bairros mais seguros para morar no Rio de Janeiro?

A segurança pública da cidade é um fator que precisa ser considerado, mas existem algumas regiões adequadas para as famílias que contam com opções de lazer, transporte, comércio e serviços. Logo é preciso ter muita cautela quanto a isso ao escolher um local para morar. São eles:

Dicas de imóveis para comprar ou alugar no Rio de Janeiro

O que fazer no Rio de Janeiro?


1.    Praias do Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro abriga praias paradisíacas que atraem um público diversificado, dos viajantes que procuram por tranquilidade e sossego, até os que querem ficar perto do agito e da badalação.

Praias do Rio de Janeiro

2.    Cristo Redentor

Cristo Redentor - Rio de Janeiro

O Cristo Redentor foi eleito pelos moradores da cidade como "A Maravilha do Rio". Do alto de seus 38 metros é a imagem da fé e da simpatia do povo carioca. O monumento em 2001 completou 70 anos, no dia de Nossa Senhora Aparecida.

3.    Pão de açúcar

Pão de Acúcar - Rio de Janeiro

4.    Escadaria Selarón

Escadaria Selaron - Rio de Janeiro

5.    Lapa

Lapa - Rio de Janeiro

6.    Mirante Dona Marta

Mirante Dona Marta - Rio de Janeiro

7.    Parque Lage

Parque Lage - Rio de Janeiro

8.    Museu do Amanhã no Rio de Janeiro

Museu do Amanhã - Rio de Janeiro

9.    Estátua do Drummond

Estátua de Carlos Drummond de Andrade - Rio de Janeiro

10.    Estádio do Maracanã

Estádio do Maracanã - Rio de Janeiro

11.    Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Jardim Botânico - Rio de Janeiro

12.    Aquário do Rio de Janeiro

Aquário - Rio de Janeiro

13.    Mural Etnias

Mural Etnias - Rio de Janeiro

14.    Parque das Ruínas

Parque das Ruínas - Rio de Janeiro

15.    Real Gabinete Português de Leitura

Real Gabinate Português de Leitura - Rio de Janeiro

16.    Museu de Arte do Rio (MAR)

Museu de Arte - Rio de Janeiro

17.    Baía de Guanabara

Baía de Guanabara - Rio de Janeiro

18.    Parque Natural da Catacumba

Parque Natural da Catacumba - Rio de Janeiro

19.    Mosteiro de São Bento

Mosteiro de São Bento - Rio de Janeiro

20.    Forte de Copacabana

Forte de Copacabana - Rio de Janeiro

Proprietários, Corretores de Imóveis e Imobiliárias

Receba mais contatos divulgando os seus imóveis no melhor portal imobiliário do Rio de Janeiro